Seguidores

domingo, 16 de abril de 2017

Silêncio e oração...

 

A poesia é capaz do silêncio,
Para aqueles que rezam a cada verso
Com os olhos fechados...

Ainda que nada assegure o amor que te tenho,
“eu te amo” é minha oração predileta...

(Adilson Shiva)

Silencio y oración...

La poesía es capaz del silencio,
Para aquellos que rezan cada verso
Con los ojos cerrados…

Aunque nada asegure el amor que te tengo,
“yo te amo” es mi oración predilecta…

(Adilson Shiva)

domingo, 9 de abril de 2017

Solidão...



Assim foram tuas tardes...
Pouco a pouco te foste afastando,
como um golpe de mar por uma porta perdida,
na imensidão do nevoeiro...

Este é mais um nome da solidão
e a solidão não sabe que dizer,
quando fica ali, a sós...

(Adílson Shiva)



Soledad...

Así fueron tus tardes…
Poco a poco te fuiste alejando,
como un golpe de mar por una puerta perdida,
en la inmensidad de la niebla…

Este es más un nombre de la soledad
y la soledad no sabe qué decir,
cuando queda allí, a solas…

(Adílson Shiva)